sábado, 18 de janeiro de 2014

Projeto mamãe - Roupinhas importadas

Oi amores!

Não sei se todas sabem, mas desde que perdi meu primeiro baby, decidi que pararia de trabalhar por um tempo quando engravidasse novamente - e assim foi. Trabalhava em uma empresa de pesquisa e consegui manter um certo nível de atividade depois que saí de lá, fazendo freelas nesta mesma área. Adoro trabalhar nisto, faço meus próprios horários e ganho meu dinheirinho trabalhando de casa, o que é ótimo. Massss... eu dependo de demanda, né? Continuo disponível, até peguei um projeto quando o Bento tinha 15 dias de vida, mas as coisas andam bem devagar eu tenho passado quase que sem trabalho.

Amo cuidar do Bento e essa é minha maior prioridade, mas é sempre bom ganhar nosso próprio dinheirinho, né? Pensei e pensei em alguma coisa que eu pudesse fazer para gerar uma renda extra, mas que não ocupasse tanto o meu tempo. Conversamos bastante marido e eu e chegamos a uma ideia - e vocês podem me ajudar nisso!

Explico. Marido ganhou uma viagem para Nova Iorque da empresa (e vai sozinho, ia ser muito difícil ir com o Bento - depois escrevo um post a respeito). Aí pensamos em comprar roupinhas e acessórios de bebê e revender aqui. A ideia é comprar algumas coisas aleatórias, mas também possíveis encomendas específicas. E aí eu queria ver com vocês o que acham. Vocês seriam minhas clientes? Acham que dá pé? Rs!

Obrigada, queridas!

Beijocas

12 comentários:

  1. amiga, só roupinha de bebe? é q meu angel acabou e sempre peço a um amigo para comprar pq com os impostos fica o dobro do preço..se ele trouxer e por um preço dele tb rsrsrs. qt as roupinhas acho otimo, se trouxer da cartes vai ter uma cliente. Se caso isso de trazer roupa deforafor uma frequencia,eum novo meio de negocio, eu proponho que cv faça um blog de vendas,um website,pensamos num layout com a amiga Grauce tb blogueira e eu te ensino a colocar as ferramentas de vendas em precisar de cnjp apenas com deposito em conta,assim, otimizaria seu negocio.bj

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre apoio empreendedorismo materno!

    ResponderExcluir
  3. Yeaahh! que demais essa ideia!! \o/
    eu também estou pensando em algo para trabalhar de casa, pra ter mais tempo com o baby, que será minha prioridade :D
    Vai fundo, vai dar certo!

    Beijo beijo!

    ResponderExcluir
  4. Acho que dá mto certo e apoio quem disse para fazer um blog e quem sabe vender outras coisas por encomenda tb ?!?? Esses tempos eu queria um creme pós parto importado e foi uma vida achar =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Claro que da pé!!!!
    Acho uma ótima idéia! Boa sorte ;)
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, acho SUUUPer essa ideia!
    acho que além de roupinhas, vc podia vender acessórios pra bebês....tenho uma vizinha que fez disso a renda dela, vende muito!!! e depois, se vc quiser, posso te mandar algumas coisas, pq vou ficar lá até junho! :-D

    bjss
    Carol

    ResponderExcluir
  7. Olha, acho que sim. Se houver pessoas ao redor que tenham bebês, sim. E sabe que, as roupas lá são melhores e mais baratas, além de terem modelos variados. Claro, nada se compara com um a roupinha com algo escrito em português, com piadinhas, mas alguns modelos são tão legais lá... Tipo, veja com os Correios do BR e um contato lá, assim podem ver algo de taxas especiais para importação. Senão, conseguir uma costureira que possa criar coisas parecidas, não copias, mas inspirar-se e fazer no Brasil, há uma valorização enorme por produtos diferenciados :) bjs acho que mais compliquei em vez de ajudar kkk

    ResponderExcluir
  8. Idéia ótima, e com certeza já tem uma cliente!!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá...adoro o seu blog. Sempre acompanho, mas não costumo deixar comentários. Será que o seu marido já foi viajar? Estou precisando de um item específico da Avent. Por favor, entre em contato comigo. Cintia (ciczapolato@ig.com.br)

    ResponderExcluir